(49) 3019 7481
R. Benjamin Constant, 141 Centro, Lages - SC

Exposições no Hall da Fundação Cultural de Lages - Marcio Machado apresenta a vida dos Catadores de Reciclados através de exposição documental fotográfica

04/07/2019

O foto documentarista, ator e produtor cultural Marcio Machado apresenta a partir desta quinta-feira (4 de julho) no Hall da Fundação Cultural de Lages (FCL) a exposição fotográfica “Catadores - Registros de Uma Classe Invisível”. Produzido pela Associação Arte e Cultura Circula-Dô de Lages, o projeto tem por objetivo amplificar a visão da comunidade para o ofício dos Catadores de Reciclados através de registros visuais em forma de retratos e imagens das atividades dos agentes que atuam em diversas regiões de Lages.

“Esse projeto traz como mote a questão da Invisibilidade Social que trata ser de um conceito social aplicado à sociedade contemporânea, onde sujeitos que se encontram em situação de vulnerabilidade econômica e social não são enxergados e nem valorizados   dentro da sociedade, seja por preconceito, medo ou mesmo por falta de empatia e conhecimento. É   imprescindível então, na visão do fotógrafo, conhecer e  registrar a imagem, a identidade,a forma e modo de trabalho de catadores de reciclados da cidade que se apresentam em condições de vidas paralelas dos que utilizam o mesmo espaço nas calçadas, no trânsito e nas lixeiras, pois prestam um serviço fundamental a sociedade, dando destino correto ao material reciclado dispensado cada vez em maior quantidade pela sociedade, cada vez mais consumista”, acredita o artista. 

Durante um ano e meio o fotógrafo acompanhou 14 catadores de reciclados da cidade e percebeu uma consciência ambiental e empírica em cada uma dessas pessoas que trabalham diariamente nas ruas da cidade e que se sobrepõe ao da maioria da população que se encontra em situação econômica, social e educacional superior.

O projeto traz retratos e imagens jornalísticas desses trabalhadores em atividades para serem visibilizados na sala de exposição e despertar a atenção dos visitantes para esses personagens e suas ações no dia a dia da cidade.

A exposição fica no Hall da FCL até o final deste mês, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, sem fechar para o almoço.

Foto exposição: Fabrício Furtado