(49) 3221 1081
R. Benjamin Constant, 141 Centro, Lages - SC

3ª Semana Nacional de Arquivos e 17ª Semana Nacional de Museus

13/05/2019

Eventos iniciaram com bate-papo sobre as etnias que formaram Lages

Além da abertura dos dois eventos, a última sexta-feira (10 de maio) apresentou no auditório Mário Augusto de Sousa a eleição regional para os conselheiros estaduais de cultura e a redação da proposta da cultura na região serrana. Foi a segunda etapa do processo que elegeu os seguintes nomes para a fase estadual:

Éder Goulart, indicado para o setor de Cultura Popular e Diversidade, Alfeu Varela para o teatro, Joed Jeffer e Layla Cristina para música e Sueli Dors para o setor da dança. A próxima etapa será a fase estadual, programa para o dia 30 de junho.

A abertura oficial da Semana de Museus e Arquivos teve as boas-vindas da rainha da 31ª Festa Nacional do Pinhão, Maísa Caroline e das princesas Victória Gabriela e Vitória Melo. O superintendente da Fundação Cultural de Lages, Giba Ronconi, disse que Lages começa um novo período de políticas para a preservação e propagação da memória histórica da região. “A semana de museus e a semana de arquivos juntas, têm o objetivo de externar um pouco da nossa história para a comunidade. É uma oportunidade de conhecermos nossas origens e permitirmos o acesso para as pessoas que vivenciam nossa identidade”, comenta.

Os sobrenomes que formaram a região serrana

O primeiro painel da programação da 17ª Semana Nacional de Museus e 3ª Semana Nacional de Arquivos foi o bate-papo com o genealogista Sérgio Lamartine. O pesquisador iniciou falando sobre as origens dos ascendentes das famílias lageanas desde a Europa e Ásia até a formação de Lages e região serrana. Na plateia, um público formado por descendentes de italianos, franceses, alemães e representantes da comunidade nipônica em Lages. Para Lamartine, o bate-papo foi importante para a constatação da pluralidade da comunidade serrana. “Chegamos à conclusão que somos uma grande mistura de costumes, vivências e personalidades. Talvez por causa disso, somos um povo tão receptivo e acolhedor. Ouvir as histórias dos próprios descendentes nos ajuda a compreender nossas origens”, diz.

A programação da 17ª Semana Nacional de Museus e 3ª Semana Nacional de Arquivos segue até o dia 17 de maio, acompanhe:

13/05, segunda-feira:

Auditório Mário Augusto de Sousa – Fundação Cultural de Lages:

19h – O Futuro das Tradições – Gilberto Ronconi;

19h30 - Vídeo “O que identifica o serrano?”;

19h40 - Identidade Cultural – Professor Msc. Felipe Reis;

20h30 – Arquivos, pesquisas e processos históricos e jornalismo – Juiz de direito Sílvio Orsatto e historiadora Suzane Faita.

14/05, terça-feira:

Museu Histórico Thiago de Castro:

9h30 e 14h30 – Narrativas no Museu (Histórias de personagens reais que viraram folclore em Lages) – Intervenção teatral com a equipe MHTC.

 

15/05, quarta-feira:

Biblioteca Pública Carlos Dorval de Macedo:

9h30 e 14h30 – Conhecendo os monumentos – Izabel Ribeiro e Paulo Guasselli.

16/05, quinta-feira:

Memorial Nereu Ramos, Praça do CEU e MHTC:

9h30 e 14h30 - Animação curta-metragem “Amigos para Sempre”, documentário “O Chão da Minha Terra: A Vida de Nereu Ramos e documentário “Carta a Malinverni Filho”.

17/05, sexta-feira:

“Contos sobre Lendas” com Ader Godoy

9h30 e 16h30 – Ponto de Leitura Rita de Cássia (Terminal urbano de Lages)

11h e 14h30 – Memorial Nereu Ramos

14h – Visita guiada ao acervo documental do MHTC – Estrutura burocrática da Província de Santa Catarina e Villa de Lages, XVIII e XIX – equipe MHTC e Professor Msc. Felipe Reis

*a programação pode sofrer alterações.

 

3ª Semana Nacional de Arquivos – Desenhando Arquivos

Lages, 10 a 17 de maio de 2019

Prefeitura de Lages, Prefeitura de Campo Belo do Sul e Museu Histórico Thiago de Castro

13/05, segunda-feira:

Auditório Mário Augusto de Sousa – Fundação Cultural de Lages:

19h – O Futuro das Tradições – Gilberto Ronconi;

19h30 - Vídeo “O que identifica o serrano?”;

19h40 - Identidade Cultural – Professor Msc. Felipe Reis;

 

20h30 – Arquivos, pesquisas e processos históricos e jornalismo – Juiz de direito Sílvio Orsatto e historiadora Suzane Faita.

14/05, terça-feira - Fundação Cultural de Lages

19h - Arquivos, a importância da pesquisa utilizando jornais impressos - Edite Moraes (IJPB);

20h - Arquivos históricos e a pesquisa em jornalismo e nas tradições e nativismo– João Carlos Matias, advogado e fotógrafo e Mario Arruda, pesquisador. Mediação, Fabrício Furtado.

15/05 - Quarta-feira - Fundação Cultural de Lages

19h - Bate-papo rotinas documentais e arquivísticas nos poderes executivo e legislativo - Ayrton Xavier (Auditoria Geral do Município de Lages), Cléia de Fátima Chaves Branco (Câmara Lages) e Marilene Liz (Prefeitura de Lages) - mediação Fabrício Furtado;

20h - Arquivos, documentos da cultura popular - Professor Msc. Lenílson Maia.

16/05 - Quinta-feira - Fundação Cultural de Lages

19h - Arquivos, pesquisa iconográfica - Drª Íria Catarina Queiroz Baptista

20h – Arquivos, pesquisas e processos crime contra escravizados no século XIX – Professor Felipe Reis

17/05 - Sexta-feira - Museu Histórico Thiago de Castro

14h - Visita guiada ao acervo documental - Estrutura burocrática da Província de Santa Catarina e da Villa de Lages, séculos XVIII - XIX - Equipe MHTC e Professor Felipe Reis.

*A programação pode sofrer alteração.

Texto: Fabrício Furtado