(49) 3019 7481
R. Benjamin Constant, 141 Centro, Lages - SC

O canto coral como ferramenta para perder a timidez

29/04/2019

Mariana faz aulas de canto na Escola de Artes Elionir Camargo Martins e lá encontrou o caminho para melhorar a estima

Um dos cursos mais procurados na Escola de Artes Elionir Camargo Martins, da Fundação Cultural, é o de canto coral com o instrutor Rodrigo de Oliveira. Há três anos, Mariana do Amaral Gomes (14) começou a frequentar aulas de teatro na Escola de Artes, mas foi nas aulas de canto para coral que ela encontrou a sua vocação.

A vergonha e a timidez foram os impulsos para que Mariana encontrasse formas de vencer a insegurança para falar com as pessoas. “Eu sempre gostei de cantar, mas achava minha voz horrível. Cantava em casa e na igreja, e tinha a certeza que eu não cantava bem. Mesmo com as aulas de teatro ainda tinha muita vergonha de estar em frente às pessoas. Eu gravava minha voz e não curtia. Na minha família tenho parentes que cantam: Tios, primos e o meu pai, foi vendo eles que decidi aprender a cantar”, lembra.
Mariana participou de diversos eventos da Escola de Artes, cantou solo no Teatro Marajoara, e fez parte do espetáculo Anjos na Janela no Natal Felicidade, em 2018, mas a abertura dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) em Lages, em 2017, foi o fato mais marcante para a cantora. “Foi muito emocionante estar cantando para tantas pessoas ao vivo e ao lado dos meus colegas de Escola de Artes e do Projeto Lages Melhor. Tivemos muitos ensaios com o Antônio Lugon, a professora Heloiza e professor Rodrigo, porém, eu fiquei muito nervosa com a responsabilidade. No fim, todos aqueles aplausos em pé valeram a pena, nunca na minha vida senti uma emoção tão grande ao cantar os hinos do Brasil, de Santa Catarina e de Lages. Apesar de já ter cantado solo, participar da abertura dos Jogos provocou uma alegria imensa que dividi com o professor Rodrigo e depois com a minha família,” conta.

Para o futuro, Mariana vê a possibilidade de estudar Direito e ser juíza, reforça que a música ajuda em tudo e nunca ficará longe da arte. ”Quando comecei na música, perdi a timidez e aprendi a me expressar melhor em tudo, na escola e na vida. Meu sonho é continuar na música e fazer uma banda com a minha amiga Maria Eduarda, já tem até nome para a banda, Royals. Se o grupo não fizer sucesso, o plano B é estudar Direito e quem sabe me tornar uma juíza”. Para mais informações sobre cursos da Escola de Artes Elionir Camargo Martins, basta ligar para 3224-8708.

 

Foto: Fabrício Furtado