(49) 3019 7481
R. Benjamin Constant, 141 Centro, Lages - SC

Arte da dança encantou público do Natal Felicidade

12/12/2018

Dançarinos mirins e adultos fizeram do palco instrumento para mostrar sua arte

 

Espetáculos de encher os olhos e o coração. Assim foi a quinta noite do Natal Felicidade. A dança e toda sua diversidade atraíram olhares de admiradores e colocou um sorriso de satisfação e orgulho no rosto dos familiares, que acompanhavam atentos a cada coreografia. Dançarinos mirins e adultos fizeram do palco instrumento para mostrar sua arte.

Quem abriu as apresentações foi o projeto Lages Melhor, núcleo do bairro Santa Mônica, que vem surpreendendo a cada noite, com coreografias bem ensaiadas e bailarinos apaixonados pela dança. O balé, com participação de 35 crianças, de cinco a 14 anos, encantou a todos com três espetáculos: Piratas do Caribe, Flash Dance e Valsa. Seguido pelo street dance, com 22 crianças a adolescentes, com passos muito bem marcados, ritmo dançante e até manobras um pouco mais radicais.

Além da cultura, sendo levada a todos os cantos da cidade, o lado social do projeto também tem seu mérito. Micaele Supptitz, 10 anos, era tímida e com autoestima baixa, pois estava um pouco acima do peso. Segundo sua avó, Celoi Supptitz dos Santos, a dança mudou sua vida. Depois que ela passou a frequentar o balé do Lages Melhor, há dois anos, a desenvolvimento do lado social foi visível a todos e até sua saúde melhorou. “Ela estava doente, e professores achavam que era algo psicológico, pois exames não mostravam nada. Começou a dançar e tudo mudou. Perdeu peso, ficou menos tímida e mais solta com os amigos”, conta a avó, ressaltando que ela até incentivou o irmão de sete anos para dançar no street dance.

A segunda apresentação foi da companhia de dança de Karen Kriss, com o espetáculo “A pintura sai da tela”, onde a arte da dança se funde com a pintura. O figurino colorido, assim como a aquarela compuseram o cenário. E não foram só as pequenas bailarinas que levaram graça ao palco, com toda a “fofurice” típica da tenra idade. A ala adulta, com coreografias mais complexas e compassadas no ritmo da música clássica também deu um show a parte.

Superação e fé em uma única apresentação

A última apresentação da noite foi um exemplo de superação. Quem subiu ao palco do Natal Felicidade para levar a sua arte através da música gospel foi Ana Paula Palhando Almeida. Uma jovem de 23 anos de idade, moradora do bairro Santa Catarina, diagnosticada com câncer no cérebro aos cinco anos, perdeu a visão e luta diariamente para superar e seguir em frente, sem o abalo que a sua condição traria a qualquer outra pessoa.

Atuante na igreja Assembleia de Deus, tem um sonho de gravar um CD com músicas evangélicas. Através da sua voz e as canções escolhidas a dedo, demonstra sua fé inabalável e a esperança de dias melhores. Ela emocionou quem ficou um pouco mais de tempo no Largo da Catedral.

O Natal Felicidade 2018 é promovido pela prefeitura de Lages, através da Fundação Cultural de Lages (FCL) e Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo, entre outras pastas municipais, e com a parceria da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). A Havan é a patrocinadora master, além dos patrocínios do Ministério da Cultura/Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet), Klabin, GTS do Brasil, Supermercados Myatã e Martendal, Flex Relacionamentos Inteligentes, Idaza e American Oil. Apoio da Polícia Militar.

Texto: Aline Tives

Foto: Nilton Wolff