(49) 3224 7425
R. Benjamin Constant, 141 Centro, Lages - SC

Um até logo do Natal mais encantado e lageano dos últimos anos

03/01/2019

O Natal dos sorrisos termina com o significado de que as coisas mais simples, quando feitas com amor, se tornam espetáculos sensacionais

 

Meses antes da afirmação de como seria o Natal Felicidade 2018, Prefeitura de Lages e a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) já combinavam que a criatividade seria a base de tudo neste ano. A realização do evento em 2018 foi resultado de um esforço conjunto entre o poder público e a representatividade dos lojistas, mas mais que isso, todas as secretarias se responsabilizaram para em uníssono deixar tudo em ordem para 17 dias de Natal Felicidade e 8 dias de Natal nos Bairros.

O Natal nos Bairros começou no dia 3 de dezembro na comunidade do Habitação, e passou por Penha, Caroba, Guarujá, Santa Catarina, Conta Dinheiro, Petrópolis, Santa Helena e APAE. Para a comissão que ficou responsável pela organização do Natal nos Bairros, liderados pela secretária Marli Nacif, da Secretaria de Política para a Mulher e Assuntos Comunitários, talvez a maior carga emocional tenha sido com os alunos da APAE de Lages. “Nosso Papai Noel não conteve as lágrimas, e foi assim com todos da equipe do Natal nos Bairros a cada abraço recebido. Foi muito emocionante”, relembra.

Mas ao que parece, o roteiro emotivo não pararia na APAE, na última semana de Natal Felicidade, Papai Noel e Banda foram ao Hospital Infantil Seara do Bem para um dos últimos capítulos deste natal. E não muito diferente da visita à APAE, com as crianças do Seara do Bem o Natal se antecipou e os sorrisos aconteceram como o melhor tratamento que alguém pode receber.

No palco montado no Largo da Catedral a proposta era permitir que música, teatro e danças pudessem ter como cenários, o prédio da Prefeitura - que após a cada lusco-fusco diário recebia o entoar dos Anjos da Janela - e a própria Catedral Diocesana. Um palco que recebeu mais de 700 artistas, todos eles aqui da terra, de projetos sociais, de reunião de vizinhos, irmãos em igrejas, grupos de jovens e novos e velhos músicos. Porém, a grande representação do Natal Felicidade 2018  foi mais uma vez a reunião de artistas da cidade para a montagem e execução do espetáculo de abertura e encerramento, chamado de “Um Sonho de Natal”. Dançarinos e cantores da Escola de Artes Elionir Camargo Martins, da Fundação Cultural, Núcleos do Projeto Lages Melhor representados por seus alunos e instrutores, figuraram, dançaram e cantaram ao lado de outros dançarinos e cantores de diversos locais de arte da cidade. Ideia semelhante vista na abertura dos Jogos Abertos de Santa Catarina aqui mesmo, na nossa terra em 2017.

Fica aquele gostinho de quero mais

Nenhuma dança ou canção, o acenar do Papai Noel, fotos, sons, a passagem da Maria Fumaça do Natal e toda a música apresentada no Natal Felicidade 2018 não teria significado sem a presença do público nos bairros e no Salão Encantado do Papai Noel na Praça da Catedral. Deixando cartinhas na Arvore dos Desejos na CDL ou na Arvore dos Pontos Cardeais na Praça João Ribeiro, visitando o Papai Noel em sua casa, passeando de renas, comprando lembranças na Casa da Mamãe Noel ou mesmo aplaudindo cada movimento e cantar nos bairros ou no centro, o lageano deixou para todos a maior representação do sucesso do Natal Felicidade 2018, os sorrisos estampados nas milhares de fotografias e cenas feitas durante o mês de dezembro. 

Para o prefeito Antonio Ceron, este Natal mostrou o costume do lageano, algo que para muitos pode ser simples, mas cheio de amor, fraternidade compaixão ao próximo. “Acredito que o objetivo da organização foi superado. Eu considero esta edição do Natal como uma das melhores já realizadas em Lages. E para isso não foi preciso contratar grandes shows, mas sim reconhecer e dar espaço para os nossos artistas, para a nossa gente. Vimos o resultado no sorriso de todos”, comenta. 

O Natal Felicidade 2018 foi promovido pela prefeitura de Lages, através da Fundação Cultural de Lages (FCL) e Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo, entre outras pastas municipais, e com a parceria da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). A Havan é a patrocinadora master, além dos patrocínios do Ministério da Cultura/Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet), Klabin, GTS do Brasil, Supermercados Myatã e Martendal, Flex Relacionamentos Inteligentes, Idaza, American Oil e Caixa. Apoio da Polícia Militar.

Texto: Fabrício Furtado

Foto: Nilton Wolff